Solicitar demo

Blog

Voltar

4 motivos para utilizar Big Data para Cobrança

Por que investir em Big Data para cobrança?

Independentemente do tamanho e tipo de dívida que está sendo cobrada, quanto mais informações de qualidade se tem a respeito do devedor, maior a chance de recuperação em menor tempo. Grande parte dos devedores tem, no momento da cobrança, informações diferentes a seu respeito em relação ao momento que o crédito foi concedido. Isso faz com que as informações que os credores têm dentro de casa não sejam suficientes para tomar as melhores decisões, visando maximizar o retorno de suas carteiras. O investimento em soluções de Big Data mune os agentes de cobrança com informações precisas e atualizadas.

As principais vantagens de investir em Big Data para cobrança:

1. Maior taxa de acerto na precificação de carteiras em menor tempo:

Através do Big Data, os modelos de precificação são alimentados com informações mais precisas e de maneira rápida. As informações que se tinham de um devedor quando o crédito foi concedido tem grandes chances de não serem mais as mesmas. O valor presente a ser recuperado de cada devedor terá uma acurácia maior à medida que se tem informações atuais de cada um deles, como informações cadastrais (situação CPF/CNPJ, endereços, sociedades e histórico funcional), bens, processos judiciais, dívidas entre outras variáveis.

2. Maior chance de localizar o devedor:

Com informações atuais de localização e contato, a empresa terá maior chance de contato e oportunidade de oferecer alternativas ao devedor, retomando o crédito, reduzindo custos operacionais e com provisionamento em alguns casos.

3. Segmentação de Clientes a Serem Cobrados/Propensão a Pagamento:

Existem informações que nos ajudam a entender o momento de vida das empresas ou consumidores para que possamos tomar as melhores decisões de negócio e estratégias de cobrança, como por exemplo, taxa de crescimento da empresa ano contra ano, pagamento de tributos como FGTS, PGFN e TST, permanência e estabilidade de um indivíduo no emprego ou mesmo processos judiciais contra os mesmos.

4. Localização de bens:

Para certos casos, a localização de bens será essencial para diminuição da perda financeira. A penhora de bens pode ser a última alternativa para quitação da dívida. Entre esses bens estão veículos leves e pesados, imóveis urbanos e rurais, aeronaves, empresas, ativos intangíveis (marcas, patentes, domínios)

Portanto, investir em soluções de Big Data para apoio e desenvolvimento de um plano de Recuperação, por trazer mais profundidade, variedade de fontes e cruzamentos inteligentes de dados que nos fornecem análises preditivas críveis e consistentes, potencializa os resultados de cobrança, reduz custos e acelera o ciclo de negócios.

Foto de Alexandre Pfeferman

Alexandre Pfeferman

Customer Success

Foto de Rafael Baptista

Rafael Baptista

Customer Success

Quer saber como fazemos na prática?

Solicitar demo