Solicitar demo

Blog

Voltar

5 Dicas que todo Compliance Officer deve saber para realizar uma Diligência Campeã!

É público e notório que todas as empresas que ainda não tem uma área de Risco & Compliance devem (e rápido) criar a sua. Desde o Mensalão e da criação da Lei Anticorrupção, fica evidente que o poder judiciário e toda a sociedade passaram a exigir cada vez mais do mundo corporativo um novo patamar de ética e por consequência, a prevenção de práticas “não republicanas”.

Exemplos práticos não faltam. As operações da Polícia Federal, desde a Zelotes até a Lava Jato, evidenciam para o empresariado que a Responsabilidade Objetiva e a Teoria do Domínio do Fato são uma realidade tangível e já praticada na forma de vultosas multas e sanções. Tais penalidades poderiam ser mitigadas ou até evitadas se estas empresas tivessem uma área de Compliance efetiva.

Existe uma máxima no Compliance internacional que diz: “If you think compliance is expensive, try non-compliance”, cuja tradução livre seria “Se você acha que Compliance é caro tente não ter Compliance”.

Os desafios são imensos mesmo para as empresas que possuem um time de Compliance, no qual a quantidade de informações a serem analisadas são múltiplas (não necessariamente todas fontes são confiáveis) e o tempo é cada vez mais escasso. Infelizmente, as fraudes ocorrem de forma cada vez mais rápida (neste quesito a tecnologia não ajuda) e a criatividade dos fraudadores não tem limites.

Pensando neste contexto, a Neoway desenvolveu a solução ideal para realizar uma Diligência ampla, a ser realizada em um curto espaço de tempo, sendo um facilitador para tomada de decisão em mitigar riscos de fraude, crimes e lavagem de dinheiro.

Abaixo apresento um guia contendo 5 dicas fundamentais para realizar uma diligência Campeã apoiado em nossas soluções:

  1. No Search você tem uma série de informações indispensáveis para exercer uma diligência eficiente. Em uma única visão, você tem condições de responder uma série de questões, como a situação cadastral da empresa, se o CNAE é compatível com o ramo de atividade informado, se o índice de atividade financeira é compatível com a quantidade de funcionários ou se o capital social e faturamento do fornecedor são condizentes com o volume de negócios que a empresa faz (ou quer fazer) com sua empresa. No Due Diligence é fácil saber se a empresa está em dia com a União ou pertence a uma lista restritiva como CNEP, IBAMA ou até de trabalho escravo, entre outras. No aspecto jurídico você será informado que tipo de precatórios a empresa tem potencial de receber, se esta possui processos cíveis, trabalhistas ou criminais. A solução oferece uma forma prática de avaliar quem são seus sócios e se houve alterações neste quadro evidenciado em uma linha do tempo desde a fundação da empresa.

    Por falar em sócios, a solução permite avaliar cada sócio individualmente. Na visão por pessoa física você tem condições de saber de forma intuitiva qual é a sua situação, fiscal, patrimonial, jurídica, se é PEP, ou se esta pessoa se enquadra em alguma lista de restrição no Brasil ou no mundo (Lista Francesa, Offshore Leaks, OFAC entre outras).
  2. Ao analisar os quadros societários, perguntas essenciais devem ser respondidas desde a identificação de estruturas societárias e grupos econômicos. No Pathfinder você realiza a análise de relacionamento e em apenas alguns clicks, você localiza quem são os beneficiários finais, vínculos familiares, além de analisar listas de risco como sócios na condição de PEP ou empresas que estão enquadradas em alguma lista restritiva. No Pathfinder você pode carregar listas de funcionários e executar cruzamentos de informações para detectar potenciais conflitos de interesses, função extremamente útil para executar o KYC, KYP, KYE e Onboarding de novos clientes.
  3. Para fazer a diligência campeã é extremamente importante analisar a reputação da empresa ou indivíduo no mercado. Com o Web Check você pode utilizar combinação de termos e entidades durante uma busca web para identificar registros de mídia negativa e suportar as análises de reputação.
  4. É fundamental que todo processo de diligência e de criação de dossiês sejam armazenados por pelo menos cinco anos. Com o Drive você pode armazenar, fazer gerenciamento e recuperar relatórios a partir de um repositório seguro e rastreável com acesso fácil ao histórico de todos os seus arquivos.
  5. Organização é outro ponto fundamental, no qual todo o processo de diligência deve ser guardado por pelo menos cinco anos. É importante que uma ferramenta o auxilie neste processo de arquivamento. No Neoway SIMM, por exemplo, você pode armazenar dossiês, gerenciar e recuperar relatórios a partir de um repositório seguro e rastreável com acesso fácil ao histórico de todos os seus arquivos.

Estas são algumas dicas de como efetuar uma Diligência Campeã apoiado nas soluções Neoway. Espero ter contribuído para que você e equipe tenham condições de mitigar riscos e contribuir para uma sociedade mais ética e blindada contra malfeitores.

Foto de Eric Menezes Greghy

Eric Menezes Greghy

Analista Sênior de Risk & Compliance

Quer saber como fazemos na prática?

Solicitar demo