Clique aqui e conheça as iniciativas Neoway para a Covid-19

Solicitar demo

Blog

Voltar

análise preliminar de risco

Neoway Check: análise preliminar de risco automatizada para novos clientes

A política de know your customer (KYC) - ou “conheça seu cliente” - é uma medida obrigatória para todas as empresas que precisam cumprir regulamentos internacionais ao combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo, o chamado PLD/FT. No entanto, esta análise preliminar de risco está diretamente ligada a bancos e outras instituições financeiras, que devem ter ações claras e precisas de identificação do cliente logo na primeira etapa do relacionamento, ou seja, antes da sua completa ativação.

O KYC tem como objetivo principal reduzir os riscos das instituições serem intermediadoras ou vítimas de práticas ilícitas. Isso porque, além de analisar a reputação do cliente, o KYC também facilita a comunicação de operações e situações suspeitas aos órgãos de fiscalização e controle, mostrando a isenção da organização e ajudando o poder público a barrar a lavagem de dinheiro e fraudes e outras condutas ilegais.

Ações de KYC devem começar no onboarding para a análise preliminar de risco

Não estar em compliance com as regulações de PLD/FT pode acarretar às empresas danos à reputação e grandes perdas financeiras. Por isso, os investimentos para se manter de acordo com as leis têm sido prioridade, especialmente para bancos e outros instituições do ramo financeiro.

Uma das primeiras ações para uma boa análise preliminar de risco, portanto, é saber se o possível cliente realmente é quem diz ser. Então, é preciso executar o KYC logo no onboarding, com uma verificação da identidade por meio de documentos originais, como: RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional (OAB, CREA, CFM, etc.) ou até passaporte.

Em alguns setores, este processo ainda é desenvolvido de forma manual e analógica. Mas, com a digitalização dos bancos e em tempos de Customer Experience, já é imprescindível contar com um onboarding digital. Dessa forma, todo o processo de adesão, formalização e aprovação do cliente é feito por meio da internet - de forma geral pelo aplicativo da instituição.

Ao estabelecer o onboarding digital para análise preliminar de risco, a empresa ganha mais precisão na conferência da identidade, tendo certeza de que ele é verdadeira – no Brasil, sete em cada dez negócios online registraram aumento de prejuízos com fraudes, inclusive de identidade, aponta pesquisa global da Experian. Para evitar estes problemas, no cadastro digital, pode-se, por exemplo, autenticar o titular do documento através do uso adicional de​ biometria, tais como o reconhecimento facial ou impressão digital. Com isso, o KYC é otimizado, pois há maior agilidade no reporte de informações entre organizações e reguladores; e o compliance e a regularização das atividades ficam garantidos.

Além da segurança, vale lembrar ainda dos ganhos em eficiência operacional, que ajudam a melhorar a experiência do cliente e são de grande importância na hora de conquistar a preferência do consumidor. Com todo o processo online sendo mais ágil e amigável para o cliente, é possível evitar que ele busque por outra instituição concorrente. Afinal, mais de 80% dos brasileiros esperam ter seus cadastros de serviços financeiros aprovados em até quatro horas, segundo pesquisas, e consideram ainda segurança e conveniência, com procedimentos de onboarding e login facilitados, os fatores mais importantes para a escolha do online banking.

Otimize o seu onboarding e mantenha o compliance com o Neoway Check

Enquanto a área de onboarding foca em “cadastrar mais clientes em menos tempo”, o time de compliance precisa fazer a análise preliminar de riscos, lidando com grandes volumes de informações e documentos para cumprir as legislações específicas.

Para atender esse dilema, sem perder clientes nem a eficiência dos processos de KYC, o uso de tecnologias para evitar possíveis fraudes é fundamental para fornecer segurança e eficiência às instituições. O Big Data Analytics é uma alternativa para dar agilidade e escalar processos de KYC, onboarding digital massificado e esteiras de validação.

Aliado a outras tecnologia de criptografia de dados, biometria, mecanismos de segurança em múltiplas camadas, reconhecimento de documentos por OCR, reconhecimento facial etc., a empresa pode automatizar as etapas e, em poucos segundos, realizar a verificação de documentos e a validação de novos usuários. Um exemplo deste tipo de solução é o Neoway Check, que veremos a seguir.

Como funciona o Neoway Check

O Neoway Check, solução da Neoway em parceria com a Nextcode e BrScan, oferece APIs seguras e escaláveis, que recebem imagens de documentos e fotos e proporcionam a validação, checagem e interpretação de informações de forma automatizada e rápida. Dessa maneira, facilitam o processo de onboarding digital massificado, com objetivo de analisar e mitigar riscos.

A veracidade desses dados também é verificada pela ferramenta em questão de segundos, por meio de background check. A partir da solução, é possível identificar perfis fraudulentos, com uma garantia de cerca de 95% de acurácia.

Entenda como funciona o fluxo completo do Neoway Check:

  • Reconhecimento Facial: etapa em que é feita a checagem, a partir da parceria com a Nextcode, entre documentos de identificação, como RG e CNH, e fotos (selfie), para ver se é a mesma pessoa.
  • OCR (Optical Character Recognition): é o momento em que acontece o processo de reconhecimento óptico dos caracteres do documento e a digitalização do mesmo - seja CNH, RG ou outro.
  • Documentoscopia: é quando ocorre, a partir da parceria com a BrScan, a análise forense do documento e também a validação do layout. Ex: só em se tratando de RG, existem cerca de 80 tipos no país, assim como brasões (mais de 100) ou órgãos emissores (cerca de 360). Quando o documento é válido, é feita a extração das informações como nome, data de nascimento, etc.
  • Background Check: a partir dos dados obtidos do documento são feitas checagens na base da Neoway (PJ/PF), assim como nos dados da Nextcode, e quaisquer outras fontes que o cliente desejar.
  • Base de Fraudadores: nesta etapa, é feita uma checagem e validação em uma base da BrScan que contém mais de 350 mil fraudadores identificados. É aqui que são detectados casos de fotos diferentes para um mesmo documento (CPF, RG), por exemplo.
  • Informações retornadas rapidamente: em poucos segundos as informações requisitadas são disponibilizadas na interface do cliente, o que permite uma tomada de decisão mais eficiente - seja ela aprovar, derivar para análise humana (inspeção visual), pendenciar ou reprovar.

Com o Neoway Check, portanto, as empresas podem contar com uma identificação de cliente mais crítica e segura, porém, ser perder a agilidade e a conveniência para a boa experiência ao usuário buscada no onboarding digital.

Para conhecer melhor a ferramenta, entre em contato com nossos especialistas.

Quer saber como fazemos na prática?

Solicitar demo