Solicitar demo

Blog

Voltar

Campanhas omnichannel no varejo: saiba como otimizar o processo

Campanhas omnichannel no varejo: saiba como otimizar o processo

Unir estratégias online e offline e integrar diferentes canais seguem sendo alguns dos grandes desafios das marcas, especialmente as varejistas. Para oferecer uma experiência fluida e ser omnichannel no varejo, é preciso que as empresas tenham um entendimento cada vez maior do consumidor e suas preferências.

Vale destacar que, apesar da internet e do mobile terem quebrado várias barreiras e permitirem estratégias de marketing personalizadas e com custo reduzido, a venda offline também tem seus diferenciais. Há mais proximidade com o consumidor, eliminando as barreiras de contato com o produto e as inseguranças de pagamento e entrega da mercadoria.

Com vantagens para ambos os lados, o mercado não precisa e nem deve ser uma disputa entre lojas físicas e virtuais, principalmente quando falamos de marcas que atuam nos dois segmentos. Basta ter meios para agir de forma unificada. Aliás, para ser omnichannel no varejo, é preciso estar onde o consumidor estiver: acompanhar em tempo real seu comportamento e vontades, para impactá-lo de forma eficiente, por diferente canais.

Precisa otimizar suas campanhas e ter melhor retorno a cada ativação? Saiba como a tecnologia ajuda a dar precisão e converter mais clientes com o mesmo investimento.

Para ser omnichannel no varejo é preciso integrar online e offline

Um artigo da BCG mostra que, além das vendas online, a internet ainda influencia mais de 50% das compras efetuadas em lojas físicas. Por isso, não faz mais sentido as marcas criarem estratégias online e offline totalmente desconectadas. Ser omnichannel no varejo e ter ações unificadas ajuda a melhorar a experiência do consumidor, gerando mais vendas. Não é a toa que para o Google esse é o futuro para um varejo de sucesso.

Portanto, as ativações devem ser integradas e personalizadas, com uma régua de relacionamento que pode incluir campanhas de email, SMS, mídias sociais e outras ações via site ou aplicativos, todas interligadas com a geolocalização do cliente. Cada canal pode fazer o consumidor migrar para outro canal ou levá-lo diretamente para a loja física.

Mas para se ter eficiência nesse processo, os times de marketing devem conseguir entender previamente e providenciar o que cada visitante está esperando - uma oferta exclusiva, condição de pagamento diferenciada, frete grátis - para concretizar a venda, comunicando isso no canal em que ele está. Como fazer isso? A resposta vem a seguir.

Refine o perfil da sua audiência online como Big Data Analytics e machine learning

Para começar a implementar ações omnichannel no varejo, são necessários três passos:

  • Analisar, entender e mensurar o comportamento dos consumidores;
  • Oferecer informações relevantes e localizadas a eles, em tempo real;
  • Ter ferramentas para automatizar e atualizar rapidamente a estratégia de marketing multicanal.

O primeiro passo então é entender em detalhes quem é seu público. Isso significa saber fatores importantes sobre clientes, como gênero, grupo demográfico, localização, hábitos de navegação na web ou no aplicativo, quais produtos procura com frequência e em um determinado momento; formas de pagamento utilizadas; canal mais acessado, entre tantas outras informações. Depois, é preciso analisar e medir a influência de tudo isso na jornada de compra. É a partir dos insights desta mensuração que se pode criar ativações personalizadas, utilizando a experiência omnichannel para ampliar as conversões, sejam elas online ou offline.

Mas é a partir do terceiro passo que temos a grande mudança de chave para otimizar as campanhas, dando precisão para ampliar o retorno do investimento nos anúncios. Hoje, é possível contar com ferramentas de automação de marketing embarcadas com Big Data Analytics e machine learning.

Com elas, pode-se conciliar todas as tecnologias disponíveis para automatizar as campanhas de marketing (redes sociais, de envio de emails, SMS, chatbots), em uma única ferramenta, que é capaz de captar, qualificar, nutrir e ativar leads que chegam também por estes diferentes canais.

Por meio de algoritmos inteligentes, estas soluções refinam o perfil dos visitantes online, agregando dados internos da empresa (CRMs) a de outras fontes públicas abertas. Assim, pode-se criar uma oferta personalizada em tempo real, de acordo com as buscas daquele perfil, que pode ser, por exemplo, uma ativação online levando para uma loja física, criando uma experiência completa de omnichannel no varejo. Todo o processo, incluindo a avaliação de métricas, é otimizado, pois é feito de forma preditiva e retroalimentado em tempo real, conforme o comportamento e a localização do consumidor.

Quer saber mais sobre a aplicação de uma plataforma de marketing digital? Veja neste artigo como funciona a Neoway Digital.

Quer saber como fazemos na prática?

Solicitar demo