Solicitar demo

Blog

Voltar

Como segmentar o mercado ajuda a fechar melhores negócios

O que fazer quando se está em um segmento de mercado com muitos concorrentes e clientes cada vez mais seletivos? Aprender como segmentar o mercado pode ser uma das respostas. E não é de hoje que a segmentação tem feito a diferença na gestão de muitas empresas que encontram seus nichos, focam sua atuação, tornam-se referência e conquistam clientes leais. Para alcançar este patamar, o primeiro passo é entender mais sobre segmentação, não só seus benefícios, mas também o que é necessário para colocá-la em prática.

Segmenta-se um público, seja ele de Pessoa Física ou Jurídica, levando-se em conta aspectos geográficos, demográficos e comportamentais, além de hábitos de consumo. Por isso, descobrir como segmentar o mercado funciona como um dos pilares de uma estratégia de marketing e vendas, não importando qual seja o ramo de atividade ou o porte da empresa.

Mas como isso é possível?

Quando se opta por uma atuação segmentada, pode-se atender um ou mais grupos de clientes a partir de fatores e características específicas e isso se traduz em uma abordagem muito mais direta, com maiores chances de conversão e de fechamento de negócio. Não é preciso mudar de segmento nem aumentar de tamanho para isso.

Segmentar o mercado para atender demandas específicas

Segmentar o mercado pode levar a empresa a encontrar com mais facilidade o que chamamos de os seus Próximos Melhores Clientes.

Próximos Melhores Clientes?

Sim, Best Next Customers (Próximos Melhores Clientes) já é um conceito bem difundido nos Estados Unidos e tem ganhado força no Brasil depois que a tecnologia trouxe a possibilidade de gerar segmentações mais específicas e precisas. Segmentar o mercado é um dos principais caminhos para que a empresa identifique clientes de determinados nichos e com alto potencial para a fidelização. Isso graças à precisão que se consegue alcançar ao segmentar e direcionar a comunicação da empresa.

Vantagem na tomada de decisão e na relação com fornecedores

Outra grande vantagem de atuar de forma segmentada é a maior facilidade para avaliar e rever estratégias. Com a fácil identificação dos públicos, suas características demográficas e psicográficas e como consomem conteúdo, as mudanças estratégicas e táticas se tornam mais simples e precisas.

Neste sentido, até mesmo a relação da empresa com seus fornecedores se modifica quando a atuação passa a ser segmentada. É possível reduzir estoque, eleger prioridades, rever a contratação de determinados serviços e até otimizar a força de vendas. Tudo isso favorece uma gestão mais eficiente de recursos a partir da decisão de saber como segmentar o mercado para melhorar os resultados da empresa, principalmente o financeiro.

Como segmentar o mercado sem uma cultura de orientada a dados na empresa?

Mas para que seja possível segmentar o mercado em que atua ou em que pretende atuar, a empresa precisa antes de mais nada fazer uma auto-avaliação: existe uma cultura orientada a dados dentro da sua empresa? Se ainda não, é o momento de mudar este cenário porque os insights que levam até a segmentação surgem justamente da aplicação do Big Data Analytics. Ou seja, são as informações dos clientes e potenciais clientes coletadas interna e externamente, cruzadas com informações relevantes do mercado, que apontam a direção de qual ou quais segmentos a empresa deve atingir para ter maiores chances de crescer.

Quer saber mais sobre segmentação e uso estratégico de dados? Siga acompanhando o blog da Neoway para não perder os próximos conteúdos sobre o assunto.

Quer saber como fazemos na prática?

Solicitar demo